Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Let It Be...

Tempo de mudanças, recomeços e de escrever novas histórias... Tempo de quebrar correntes, laços e construir novos caminhos... Tempo de ser livre para fazer as próprias escolhas... Tempo de ser...e deixar ser...

Let It Be...

Tempo de mudanças, recomeços e de escrever novas histórias... Tempo de quebrar correntes, laços e construir novos caminhos... Tempo de ser livre para fazer as próprias escolhas... Tempo de ser...e deixar ser...

Desespero...

 

desespero.jpg

 

E eu sei que és parte de mim e não quero! Em que altura to permiti? Não me lembro de te deixar entrar, não me lembro de deixar a porta aberta, nem sequer te convidar. Como é possível estares neste momento instalado no sofá do meu coração, completamente à vontade como se fosse a tua casa e lá pertencesses! Como? Desde quando deixei de tomar conta daquilo que é meu? Desde quando não tenho sequer vontade própria? Desde quando o meu corpo deixou de obedecer ao meu comando? Eu! Eu que de mim tudo sei, tudo controlo, o meu eu, o meu universo, o meu ser! Que raio estás tu a fazer dentro de mim? Do meu peito, do lamechas do meu coração, que me permite bombear sangue para sobreviver, mas depois te acolhe e me mata todos os dias um bocadinho! Sinto-me perdida de mim; o controlo descontrolou-se, a coerência e o discernimento deram as mãos e abandonaram-me, e até a minha aliada razão acabou por desistir. Todos me deixaram, o meu pequeno exército que me ajudava a combater intrusos na minha frente de batalha. Que raio faço eu agora? Se os meus alicerces já não me sustentam e me sinto cair a cada dia com o teu peso? Que raio te alimenta e te torna cada vez mais forte dentro de mim? Como te cresceram raízes dentro do meu peito? Raízes que me sufocam e me dificultam o respirar, tantas e tantas vezes, até sentir o chão fugir. O que aconteceu comigo que fez o desespero tomar conta de mim? Tento gritar mas ninguém me ouve...esse desespero que me assaltou e tomou a minha voz...

Xana <3

 

1 comentário

Comentar post