Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Let It Be...

Tempo de mudanças, recomeços e de escrever novas histórias... Tempo de quebrar correntes, laços e construir novos caminhos... Tempo de ser livre para fazer as próprias escolhas... Tempo de ser...e deixar ser...

Let It Be...

Tempo de mudanças, recomeços e de escrever novas histórias... Tempo de quebrar correntes, laços e construir novos caminhos... Tempo de ser livre para fazer as próprias escolhas... Tempo de ser...e deixar ser...

Desconectar!!!!!

desconecta.jpg

 

Hoje tive de me DESCONECTAR!

Estar conectado é alimentar um animal de proporções gigantescas!

É dar-lhe de comer todos os dias, até ele lentamente atingir um tamanho colossal... até ele crescer de tal forma que nos atormenta, ofusca, nos rouba o brilho do sol....

Não pode ser!!!!!

Apesar da tentação temos de carregar no botão: REMOVE!!!!!

Remove friendship, remove contact, remove email, remove everything!

REMOVE!!!!!

E assim que a coragem de carregar no maldito botão chega, apesar do peito aos saltos, do nó no estômago e do aperto no coração, tudo acaba...

Acaba a ligação doentia a alguém de quem queremos fugir, esquecer, dos demónios que nos atormentam, da alma que nos consome, deste fogo que arde e que teima em não cessar...

Dias e dias a fio a tentar, mas este estúpido sentimento a manter-nos à tona, como uma droga que nos domina e consome, da qual temos consciência, mas não conseguimos ultrapassar... e o pior de tudo isto é ter a consciência e não a coragem... é devastador, corroi, mina, destrói-nos por dentro...

Lentamente sem darmos conta o barco sai do porto connosco preso à sua âncora, e somos arrastados, levados para longe e afogamo-nos na nossa dor.

Como é possível batermos a porta, deixarmos tudo mas não nos conseguirmos DESCONECTAR!!!!!

É imprescindível! É um prioridade nos dias que correm...

é imperativo!

As conexões tornaram-se um vício pior que as drogas...

Cada post é como uma faca que nos continua a espetar cá dentro... e mesmo tendo consciência que talvez não seja para nós... há sempre esse TALVEZ! Um talvez que nos mói, outro que nos alimenta falsas esperanças, outro ainda que nos machuca e nos destrói...

NÃO!!!!!

Se tomamos consciência, se sabemos, temos mesmo de DESCONECTAR... do que nos aflige, do que nos perturba, do que nos faz mal...

E acreditem ou não, assim que desconectamos, surge o alívio, a libertação...

E então sim, já podemos seguir o nosso próprio caminho e dar voz à razão.

Ali já não podemos voltar, e mesmo que nos tentemos já não podemos alimentar o animal, pois estamos DESCONECTADOS...

E então sim sentimo-nos livres e efectivamente estamos...

 

 

Xana <3

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os textos aqui publicados são da minha autoria, originais. Sempre que o não sejam faço menção ao autor.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Calendário

Agosto 2017

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031