Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Let It Be...

Tempo de mudanças, recomeços e de escrever novas histórias... Tempo de quebrar correntes, laços e construir novos caminhos... Tempo de ser livre para fazer as próprias escolhas... Tempo de ser...e deixar ser...

Let It Be...

Tempo de mudanças, recomeços e de escrever novas histórias... Tempo de quebrar correntes, laços e construir novos caminhos... Tempo de ser livre para fazer as próprias escolhas... Tempo de ser...e deixar ser...

A dor dos outros...

 

Sinto-me meio nostálgica hoje, triste talvez. No meio do meu egocentrismo, que se reflecte nestes sentimentos que se apoderam de mim, olho ao meu redor e sinto-me pequenina, uma gota no oceano do que é a vida e tudo o que a rodeia. Às vezes deixo de ver notícias de propósito para me alhear do sofrimento do mundo, mas quando o faço tomo consciência que o meu sofrimento é menos que nada. E para medir essa intensidade nada melhor que olhar em meu redor. Há sempre problemas maiores que os meus, há sempre um sofrimento atroz ao meu lado, à minha frente, ao meu redor. Nestes momentos o meu coração abre-se e toma outras dores. Mais fortes, ou diferentemente fortes, e percebe que tudo é relativizável. Essa é para mim uma das grandes capacidades do homem enquanto ser humano, olhar para o outro e tomar a sua dor. Hoje abri o meu coração e ganhei uma nova percepção...

Xana <3

fogo.jpg

 

2 comentários

Comentar post